Imersa em meio aos Manguezais de Porto Seguro, limitada pelo Rio Buranhem, Santo Amaro e D’ajuda, encontramos a Ilha dos Aquários que fica situada na Ilha do Pacuio, nome de origem indígena que significa solteiro no dialeto Pataxó. Acreditasse que os índios tenham dado esse nome para caracterizá-la de forma diferenciada do seu entorno, uma vez que ela é a única que abriga uma restinga costeira na foz do rio Buranhem servindo de refúgio para diferentes espécies silvestres. Os moradores mais antigos de Porto Seguro, assim como o antigo proprietário da Ilha, relatam que a ilha tem um histórico de uso pela região de mais de 100 anos no qual funcionava inicialmente como um local de quarentena para pessoas que ficavam doentes e posteriormente sendo ocupada por índios da região, assim sendo gradativamente antropizada. Mas segundo o levantamento Arqueológico realizado em 1998 antes da construção do empreendimento nada que pudesse confirmar a história dos moradores locais foi encontrado.

Pela importância da Ilha, pelos aspectos ambientais, estéticos e históricos para a região, fomos denominados como o Portal dos Manguezais. Assim um grupo foi criado para desenvolver um empreendimento, o qual optou por criar um centro de amostragem da fauna e flora que habita a região, permitindo que as pessoas possam entrar na ilha e conhecer um pouco mais os ambientes naturais e observar a fauna local, que é contemplada por sagüis de cara branca, jupatis, pica paus entre outros animais.

Por questões de sustentabilidade esse empreendimento também foi utilizado durante esses últimos anos como Centro de Lazer e Alimentação no horário noturno, conhecido como Ilha dos Aquários, oferecendo uma diversidade de atrações para seus visitantes. E não podemos deixar de comentar que neste mesmo período, durante o dia, é desenvolvido um trabalho permanente de educação ambiental para a população regional, realizando visitas durante o período diurno em grupos de diversos interesses mediante agendamento prévio. Os visitantes realizam uma visita guiada, que dura em torno de 2h e 30 minutos podendo visitar os aquários, assistirem uma palestra e observar a fauna em meio a uma trilha na restinga.